Folclore alagoano: riqueza passada por gerações!

Foto do Guerreiro Alagoano

Dia 22 de Agosto é comemorado o dia do Folclore, manifestações culturais populares que são transmitidas de geração em geração. Alagoas é o Estado que possui o maior número de folguedos do Brasil. São cerca de 29 manifestações culturais que encantam turistas e moradores! Por isso, fizemos uma lista com alguns folguedos para você se encantar por aqui! 

Guerreiro

Um folguedo genuinamente alagoano que surgiu na década de 20, entre 1927 e 1929. O auto conta com uma média de 36 personagens divididos entre Rei, Rainha, Índio Peri, Sereia, Mestre, Contramestre, entre outros. As vestes dos personagens são ricas em cores e contam com um item indispensável: o Chapéu! O acessório é um símbolo alagoano e tem como forma igrejas, palácios e catedrais, ornamentado por espelhos e fitas. Certamente, uma das manifestações mais lindas e tradicionais da cultura popular alagoana.

Foto do folguedo Guerreiro
Foto: Léo Villanova

Bumba Meu Boi

Certamente um folguedo que não deixa ninguém parado! É uma das manifestações culturais mais populares em Maceió e gira em torno da morte e ressurreição de um boi. Conta a lenda que Pai Francisco mata o boi mais bonito para satisfazer os desejos de sua esposa grávida, Catirina, ambos escravos de uma fazenda. Entretanto, ao perceber a morte do animal, o dono da fazenda reúne curandeiros para ressuscitá-lo. Quando o boi volta à vida, todos celebram o fato com uma grande festa! As apresentações do Bumba Meu Boi envolvem música, dança e, claro, muita desenvoltura do personagem principal!

Foto do Bumba Meu Boi em Maceió
Foto: Maceió Urbana

Pastoril

,O Pastoril é um dos folguedos mais conhecidos no Nordeste e envolve música, dança e teatro. As ‘pastoras’ são divididas entre os cordões azul e encarnado. Os cordões disputam o gosto do público, mas contam com a presença de outra personagem, Diana, que traz em suas vestes as cores dos dois cordões. Diana representa a harmonia e o folguedo conta ainda com outros personagens como Mestra, Contramestra, Camponesa, Belo Anjo, Pastor e a Borboleta. Sem dúvida, uma encenação rica em cores e alegria!

Pastoril em Maceió
Fotos: Marco Antônio/Secom – Maceió

Coco de Roda

Dança muito vista durante os festejos juninos, mas não fica restrita somente nesta época do ano. O Coco de Roda tem como elemento principal a pisada forte com os pés, além de muita disposição dos dançarinos para dançar e cantar durante as apresentações. Além dos trajes coloridos, a percussão é muito importante para dar todo o ritmo à dança coreografada.

Grupo de coco de roda alagoano
Foto: Pei Fon

Fandango

Folguedo com temática marítima que reúne uma série de cantigas náuticas que retratam as aventuras dos navegadores. Os brincantes utilizam figurinos que remetem aos trajes da marinha e é um dos folguedos mais tradicionais, principalmente na região do Pontal da Barra. 

Fandango do Pontal
Foto: Keyler Simões

Além dos folguedos citados, existem muitos outros, como: Cavalhada, Chegança, Maracatu, Reisado, entre outros! Ou seja, cultura é o que não falta para você vivenciar por aqui!

 

Você também vai gostar de